Logo Lancei Na Web

“Alucinar”: A Palavra do Ano de 2023

Tempo de Leitura: 3 minutos

Na última sexta-feira, uma notável convergência ocorreu no mundo dos dicionários online: tanto o Cambridge Dictionary quanto o Dictionary.com, dois dos maiores e mais respeitados recursos lexicográficos da internet, elegeram de forma independente o termo “hallucinate” (alucinar, em português) como a Palavra do Ano de 2023.

Esta escolha unânime destaca uma mudança significativa no léxico contemporâneo, impulsionada principalmente pela ascensão meteórica de sistemas de inteligência artificial (IA), incluindo os notáveis robôs virtuais ChatGPT e Bard.

A eleição de “alucinar” como A Palavra do Ano de 2023

como a palavra do ano não é um mero acaso, mas sim um reflexo das transformações profundas que estão ocorrendo na sociedade e na tecnologia. O termo, que tradicionalmente carrega conotações psicológicas e sensoriais, ganhou um novo significado no contexto da IA. Essa reinvenção lexical evidencia como as interações humanas com a tecnologia estão redefinindo o nosso idioma e, por extensão, a nossa percepção do mundo.

A eleição de
ChaGPT popularizou a inteligência artificial generativa, que pode ‘alucinar’ 

Ao escolher “alucinar” para este destaque anual, tanto o Cambridge Dictionary quanto o Dictionary.com não apenas reconhecem a influência crescente da IA em nossas vidas cotidianas, mas também provocam uma reflexão importante sobre o impacto dessa tecnologia na sociedade. A palavra evoca questões sobre a precisão e a confiabilidade das informações geradas por IA e sobre como estamos adaptando nossa linguagem para descrever experiências novas e frequentemente complexas no mundo digital.

Portanto, a seleção de “alucinar” como a Palavra do Ano de 2023 é mais do que uma escolha lexicográfica; é um símbolo da era em que vivemos, uma era definida pela interseção entre humanidade e máquina, realidade e percepção, verdade e interpretação.

A Origem da Palavra do Ano de 2023 “Alucinar”

A palavra “alucinar” vem do latim “alucinari”, que significa “vagar com a mente”. Historicamente, era usada para descrever experiências sensoriais que não tinham uma fonte física real, como ouvir vozes ou ver coisas que não estavam lá. No entanto, com o passar do tempo, o termo evoluiu para incluir qualquer percepção que é uma distorção da realidade.

Alucinações e a Mente Humana

As alucinações são um fenômeno fascinante e complexo. Elas podem ser causadas por uma variedade de fatores, incluindo doenças mentais, privação de sono, uso de drogas e até mesmo estresse intenso. As alucinações podem ser visuais, auditivas, olfativas, gustativas ou táteis, e variam em intensidade e duração.

Alucinar na Cultura Popular

A ideia de alucinar tem sido explorada em várias formas de arte e cultura popular. Por exemplo, muitos filmes e livros de ficção científica exploram a ideia de realidades alternativas e percepções distorcidas. Além disso, a música e a arte frequentemente usam a ideia de alucinação para expressar criatividade e explorar novas formas de percepção.

Alucinar e a Tecnologia

A tecnologia moderna, especialmente a realidade virtual e aumentada, está tornando as fronteiras entre o real e o imaginário cada vez mais tênues. Estas tecnologias permitem-nos “alucinar” de forma controlada, criando mundos e experiências que parecem tão reais que o nosso cérebro tem dificuldade em distinguir entre o que é real e o que é virtual.

Alucinar: Uma Reflexão Social sobre a Palavra do Ano de 2023

A escolha de “alucinar” como a Palavra do Ano de 2023 aponta para uma sociedade cada vez mais imersa em realidades alternativas. Seja através da tecnologia, como a realidade virtual e aumentada, ou através de narrativas políticas e sociais divergentes, estamos constantemente desafiados a questionar o que é real e o que é ilusão.

Além disso, a pandemia global e as mudanças climáticas têm causado uma sensação coletiva de desorientação e incerteza, quase como se estivéssemos alucinando. Nesse sentido, “alucinar” captura perfeitamente o zeitgeist de 2023.

Conclusão

A escolha de “alucinar” como a Palavra do Ano de 2023 pelo Dictionary.com é um reflexo poderoso de nosso tempo. Ela nos convida a refletir sobre a natureza da realidade, a influência da tecnologia em nossas percepções e a maneira como lidamos com a incerteza e a desorientação. Em última análise, “alucinar” é mais do que apenas uma palavra – é um espelho da sociedade em 2023.

Picture of Moises Kalebbe

Moises Kalebbe

Profissional de Marketing Digital desde 2017, com foco em benchmarking, copy, automações e vendas online.

RECEBE NOVIDADES

“Daqui a vinte anos você ficará mais decepcionado com as coisas que não fez do que com as que fez.” -Mark Twain

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.